SpaceX e o pouso no mar

Nessa sexta-feira, dia 8 de abril, a SpaceX realizou mais um lançamento no Cabo Canaveral, na Flórida. O objetivo principal era levar para a Estação Espacial Internacional suprimentos e outras coisas legais, entre elas um módulo inflável.

SpaceX

Somente módulo inflável já é motivo de empolgação para a comunidade científica e para os fãs de exploração espacial. O Bigelow Expandable Activity Module (BEAM) é bem pequeno quando dobrado, para caber no foguete, e é leve, exigindo menos combustível. Após ser acoplado à estação, ele será inflado. Esse módulo ficará do tamanho de um pequeno quarto, e será testado quanto a segurança e a proteção contra a radiação. Mas o objetivo é ter salas enormes na Estação Espacial, com um custo bem mais baixo de lançamento.

Bigelow Expandable Activity Module (BEAM)

Porém, o que tirou o fôlego de quem assistiu o lançamento ao vivo (além do próprio lançamento, que é emocionante) foi o que a SpaceX fez com o foguete após o lançamento. Vou explicar um pouco o contexto para entenderem o que aconteceu.

Falcon 9Para levar coisas para o espaço, você precisa de muita velocidade, e muito combustível. Então, as empresas constroem foguetes, que são enormes tubos cheios de combustível, e são muito caros. O foguete lançado sexta, o Falcon 9, tinha dois tubos (ou dois estágios). O primeiro estágio tem que tirar o foguete da Terra, superpoderoso, conseguiu de 0km/h a 2000km/h em poucos minutos. Se soltou quando acabou a maior parte do combustível, liberando peso para que o segundo estágio continuasse empurrando o foguete. O segundo estágio também se soltou mais tarde, quando seu combustível acabou, deixando a cápsula Dragon livre no espaço seguindo para a Estação Espacial.

O que sempre aconteceu foi largar os dois estágios do foguete soltos no espaço. Eles caem e se despedaçam na atmosfera terrestre, e os restos caem no mar. Mas isso não acontece com o Falcon 9, da SpaceX. Elon Musk, o dono da empresa, não deixaria isso acontecer com seu brinquedo predileto.

Elon Musk não quer apenas economizar, quer deixar a exploração espacial mais barata, pois acha que os humanos não terão um futuro muito promissor se ficarmos acampados apenas nesse planeta, por mais maravilhoso que seja. Para ele, Marte é apenas o primeiro passo para a humanidade, e ele pode ser um dos responsáveis. Então, uma forma de estimular a exploração espacial é não desperdiçar esse foguete caríssimo, e sim recuperá-lo para outro lançamento. A ideia é que o primeiro estágio, após se soltar, faça uma manobra e se desacelere para não se destruir na reentrada. Depois é só pousar na Terra. E a SpaceX já fez isso antes, em dezembro do ano passado. E qual a diferença agora?

Quando você faz um lançamento, você o faz do litoral e nem sempre é possível retornar com o foguete para a terra firme. Para isso, seria necessário mais combustível ainda. Então, o jeito é descer no mar mesmo. A SpaceX preparou um navio gigante e não-tripulado, um drone ship chamado “É Só Ler as Instruções” (Just Read The Instructions), para ser a plataforma de pouso da Falcon. A SpaceX já tentou esse pouso algumas vezes:

Na sexta-feira, como “É Só Ler as Instruções” foi aposentado, e eles usaram o “É Claro que Ainda Te Amo” (Of Course I Still Love You). Todos da SpaceX estavam falando “é só um pouso experimental”, “mesmo se acabar com uma grande explosão, queremos a grande quantidade de dados”, “a missão principal é levar as coisas para o espaço, o pouso é secundário”. Mas aposto que levar as coisas para o espaço já é fichinha para eles. Quando o Falcon 9 pousou, foi uma emoção geral! Veja o vídeo:

Assim, a SpaceX está mais um passo à frente na exploração espacial, e, com a reutilização dos foguetes, mandar coisas para o espaço pode ficar ainda mais barato daqui para frente. Parabéns à equipe da SpaceX. Conseguiram deixar Elon mais feliz que com a pré-venda de 325.000 unidades do novo sedan Tesla Model 3 (o que também merece outro post à respeito.)

Anúncios
Marcado com: , ,
Publicado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: