Pátria Educadora

Governo_COR volume_marca 2015

Se a desigualdade de um país é grande, pior é a perspectiva de crescimento econômico. E apostar no crescimento pode não melhorar a desigualdade. Ou seja, um crescimento que não envolva o combate as desigualdades não é um crescimento sustentável.

Também é importante que a população tenha acesso a educação de qualidade, para elevar as chances de mobilidade social e reduzir as desigualdades. Uma educação de qualidade cria pessoas mais conscientes à respeito de higiene, saúde e qualidade de vida, e aliviaria os hospitais lotados. E os hospitais teriam pessoas mais capacitadas para um atendimento rápido e eficaz. Educação de qualidade cria pessoas com oportunidades, e restringiria o avanço da violência e das drogas. E as ruas também contariam com policiais mais preparados, e não gastaríamos com proteção, câmeras, cercas e outras “seguranças”.

Educação de qualidade limpa da sociedade impurezas e distrações, e veríamos um futuro com menos desigualdades e com mais ordem e progresso.

Leia mais sobre o assunto na matéria de Monica Baumgarten: http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,patria-educadora-imp-,1619584

Anúncios
Marcado com:
Publicado em Educação
Um comentário em “Pátria Educadora
  1. Malu Mazolini disse:

    Republicou isso em Malu Mazolini.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: